Notícias

Prefeito participa de audiência sobre segurança pública e mostra programas preventivos do Governo

Data: 06 de dezembro de 2017

O prefeito de Várzea Alegre, Zé Helder (PMDB), participou de audiência popular na Câmara Municipal de Vereadores para debater a segurança pública. A audiência foi comandada pelo presidente do Legislativo, Alan Salviano (PMDB) e proposta pelo vereador Michael Martins (PT), contando com a presença de representantes da Polícia Militar e da sociedade.

Zé Helder disse que no seu mandato de prefeito em 2005, teve muita preocupação com a segurança pública. Ele alertou que a segurança deve ser combativa e preventiva e sustentou que é um setor de responsabilidade do Estado. Para o prefeito, o maior problema que vem aumentando a insegurança é o tráfico de drogas.

O prefeito avaliou que até aqui fez o que entende como possível diante das limitações e afirmou que solicitou do Governador do Estado Camilo Santana, do secretário de Segurança Pública, André Costa e do Coronel da PM, Viana, reforço policial, a presença de uma equipe do RAIO na cidade e uma viatura, e disse que a viatura foi imediatamente atendido e já está disponível para a população. Todos os pedidos foram justificados em ofício às autoridades, relatando fatos de prática de arrombamentos às agências bancárias das cidades vizinhas e concentração do fluxo de pessoas nas agências de Várzea Alegre, cadeia pública em condições precárias, localização estratégica, o que coloca a cidade como alvo preferencial para práticas de crimes.

Zé Helder disse que o Governo Municipal tem investido em políticas preventivas e citou o exemplo do Programa Educacional de Resistência às Drogas PROERD que capacitou 250 alunos da Escola Dário Batista Moreno este ano e que para 2018, levará o programa para mais escolas com o objetivo de atender 500 crianças. Ele destacou diversos programas na área social, que por meio dos CRAS assistem a mais de 600 crianças e adolescentes com aulas de violão, dança e ações de aproximação da família e esportivas como o premiado projeto de artes marciais Tatame Cidadão.

Outro plano do Governo Municipal, segundo o prefeito Zé Helder, é implantar nas escolas, principalmente de comunidades de áreas de vulnerabilidade social, o projeto Escola em Tempo Integral.

Para o prefeito não adianta só prender, tem que educar. "Se nós tivemos 200 policiais prendendo e não educarmos os nossos jovens, é prender um bandido hoje e formar dois amanhã", disse.

O prefeito disse ainda que a orientação que dar à sua equipe de educação e que a sala de aula possa auxiliar às famílias.

O vereador Michael Martins perguntou em quanto tempo o prefeito implantaria a Guarda Municipal e o monitoramento da cidade por câmeras de vigilância, conforme seu Plano de Governo.

O prefeito respondeu que, numa situação financeira apertada, as iniciativas têm que ser priorizadas e que o Governo Municipal vem conseguindo manter os serviços essenciais, com o pagamento dos servidores em dia e outras obrigações, e que, na questão da Guarda Municipal, esse ano, por questões de ordem financeira não é possível a implantação, podendo fazê-lo entre 2018 e 2019.

Já com relação às câmeras de vigilância, citou que em seu último governo, investiu mais de R$ 70.000,00 com a aquisição de 14 câmeras que não existem mais. Ele disse que foi orientado pelo secretário de Segurança Pública do Estado, André Costa, a firmar parceria com o Governo do Estado para a instalação de câmeras nas entradas da cidade, o que custará investimento de R$ 700,00 por mês, o que é mais econômico para o município do que comprar os equipamentos.

A vereadora Professora Dedê falou que dos programas citados pelo prefeito na área social, muitos já existem e perguntou o que ele pode trazer mais. O prefeito voltou a falar no projeto Tatame Cidadão como uma novidade, o plano de expandir o PROERD, revitalizar os equipamentos de esportes existentes no município e contratar policiais em parceria com o Estado.

O chefe de Gabinete do Governo Municipal, Batista Jr, colocou a eficácia do PROERD ao mencionar o caso de uma família que esteve na Prefeitura para agradecer a atuação do programa que tirou seu filho do meio de um grupo de pessoas envolvidas com as drogas.

Preocupado com o aumento do crime na zona rural, o vereador Pedro Bitu, quis saber da secretária de Assistência Social, Laura Maria, a viabilidade de levar programas sociais para essas comunidades.

Laura Maria pontuou que por meio de programas que envolvem as famílias, através dos CRAS, semanalmente são atendidos 600 jovens, com Tatame Cidadão são assistidos 250 jovens e que programas de atenção à família como o Ação Social Mais Perto de Você, já são desenvolvidos nas comunidades de Canindezinho, São Vicente e Vila Chique e o Tatame Cidadão está indo aos bairros.

Assessoria de Comunicação

Reportagem: Marco Filho

Foto: Augusto César / Fábio Oliveira

E-mail: imprensa@varzeaalegre.ce.gov.br

 

Deixe seu comentário


Governo de Várzea Alegre

LOCALIZAÇÃO

 RUA DEP. LUIZ OTACÍLIO CORREIA , nº 153 CENTRO

 (88) 3541-1337

 gabinete@varzeaalegre.ce.gov.br

REDES SOCIAIS