O Município

Dados do município.

Dados do município/localização

Fundação: 10/10/1870
Emancipação Política: 10 de outubro
Gentílico: Varzealegrense
Unidade Federatíva: Ceará
Mesoregião: Cariri
Microregião: Várzea Alegre
Distância para a capital: 435,00

Dados de características geográficas

Área: 835,71
População estimada: 40721
Densidade: 45,99
Altitude: 302
Clima: tropical quente semiárido brando
Fuso Horário: -3


Contam os mais antigos moradores de Várzea Alegre, que os primeiros exploradores chegaram a estas terras pelas caminhadas que faziam em direção ao Cariri, tendo como referência o município do Crato. Esses viajantes, encantados com a beleza do verdejante vale e a cantoria dos pássaros, batizaram o lugar com o nome de Várzea Alegre.

Constam nos registros oficiais que o município de Várzea Alegre foi criado pela Lei Provincial nº 1.329, de 10 de outubro de 1870. Desmembrado do município de Lavras da Mangabeira, instalado a 02 de março de 1872. Fato curioso é que o município foi extinto pelo Decreto nº 193, de 20 de maio de 1931, quando o seu território ficou anexado ao município de Cedro. Pela luta de influentes políticos do local, Várzea Alegre retomou a condição de município pelo Decreto nº 1.156, de 04 de dezembro de 1933.

No tocante ao religioso, a Paróquia do município foi criada no dia 30 de novembro de 1863, tendo como padroeiro São Raimundo Nonato, sendo seu primeiro vigário o Padre Benedito de Sousa Rêgo. O seu patrimônio constava de 400 braças de terra em quadrado, doadas em 19 de outubro, pelo Major Joaquim Alves Bezerra, pela sua mulher e por outros irmãos. Segundo a tradição, a primeira Igreja de São Raimundo Nonato foi construída pelos filhos de Raimundo Duarte Bezerra, figura que ficou conhecida como "Papai Raimundo", o patriarca do município. O nome de Várzea Alegre foi oficializado pela Lei nº 1.329 de 1870, e tem origem na planície ou várzea, onde está situada a cidade.

A história narra que Várzea Alegre é um dos poucos municípios do Ceará que nunca mudou de nome.

Dentre os muitos frutos que Várzea Alegre produziu, surgem como responsáveis pelo seu crescimento socioeconômico e cultural, as pessoas de Bernardo Duarte Pinheiro, Raimundo Duarte Bezerra (Papai Raimundo), Antônio Correia Lima, Joaquim de Figueiredo Correia, Luiz Otacílio Correia, Josué Alves Diniz, Jornalista Joaquim Ferreira e Padre Antônio Vieira.

Os habitantes de Várzea Alegre incorporaram o nome da cidade ao seu modo de vida, contando com alegria os causos que envolvem a comunidades ou cidadãos distintos do lugar, sendo a narrativa mais forte os contrastes da cidade, que inspiram letras de músicas, entre as quais, uma delas - cantada pelo saudoso Luiz Gonzaga, cuja letra tem a assinatura marcante do compositor varzealegrense, José Clementino.

Ao longo dos anos, o município revelou novos talentos na política, destacando a liderança das famílias Correia, Diniz, Ferreira, Costa e Sátiro, sendo os líderes mais recentes, Dr. José Iran Costa (In memorian) e Dr. Pedro Sátiro.

A religiosidade pontuou com o tombamento pelo IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional da Capela de São Caetano, distrito de Naraniú, construída em estilo barroco no ano de 1762, ato oficialmente registrado no ano de 2005.

A necessidade de água que tinha a cidade foi suprida no ano de 1998 com a construção do açude Deputado Luiz Otacílio Correia (Olho D'água), inaugurado em 30 de julho daquele ano, na localidade de São Vicente, distante 9 km da sede do município. O açude conta com adutora e tem capacidade para armazenar 21milhões de metros cúbicos de água.

Das grandes personalidades, nasceu para a história Ricardo Oliveira, que do isolamento na pequena comunidade rural de Vacaria, em Ibicatu, embora especial, portador de amiotrofia espinhal, provou ser um talento para a matemática, vencendo por cinco edições a OBMEP - Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, acumulando medalhas de prata e de ouro.

Entra para o rol dos grandes vultos históricos a construção do Parque Cívico São Raimundo Nonato, na lagoa que deu origem ao município e parte do complexo urbanístico da lagoa de São Raimundo Nonato, obra idealizada pelo prefeito José Helder Máximo de Carvalho.
Os principais eventos culturais são:

Carnaval de Várzea Alegre

Romaria à Capela de Maria de Bil - Último domingo de março

Procissão do Fogaréu - Abertura da Semana Santa

São João do Distrito de Riacho Verde - 15 a 24 de junho

Festejo Várzea Alegre Junina - Última semana de junho

São Pedro do CSU - 28 de junho

Vaquejada do Parque Antônio Siebra - Última semana de julho

Festa de São Raimundo Nonato (Padroeiro) - 21 a 31 de agosto

Emancipação do Município - 10 de outubro

Natal da Paz - 18 a 25 de dezembro

Festa de Réveillon - 31 de dezembro
Várzea Alegre em sua divisão político-administrativa registra a existência de 06 distritos: Calabaça, Canindezinho, Ibicatu, Riacho Verde, Naraniú e Distrito Sede. A Sede Rural do município é uma área campesina situada no entorno do perímetro urbano desta cidade, composta por 49 localidades.

Cronologia dos Distritos:

a) Distrito Canindezinho

Toponímia: Diminutivo de Canindé, em alusão às romarias e ao culto a São Francisco.
Área: 120 km², com 25 sítios.
Localização: Região Leste do Município, a 25 Km da Sede.
Criação: 1951 (Decreto Estadual N° 1153).
Fundador: José Alves Teixeira (Zé Rogério).
Distância: 25 Km
CEP: 63.555-000
Economia: Agropecuária e Horticultura.
Hidrografia: Riacho do Machado, Riacho do Mocotó e Riacho do Mudubim.
Relevo: Serra de São Nicolau e Serrotes do Boqueirão e do Mudubim.
Turismo:
- Açude das Caraíbas.
- Dança do Reisado Congo.
- Berço do Compositor Zé Clementino.

b) Distrito Calabaça

Toponímia: Originária dos Índios Calabaças.
Área: 95 km², com 17 sítios.
Localização: Região Sudeste do Município, a 28 Km da Sede.
Criação: 1938 (Decreto Estadual N° 448).
Fundador: Francisco Salviano de Macedo (Papai Chiquinho).
Distância: 28 Km
CEP: 63.545-000
Economia: Agropecuária e Artesanato.
Hidrografia: Riacho do Meio e Riacho do Zumbi.
Relevo: Serra do Furtado e Serra Negra.
Turismo:
- Festa de São Francisco da Extrema.
- Capela de Cristo Rei, onde está sepultado o escritor Padre Antonio Vieira, filho Ilustre do Distrito.
- Histórias de Quilombos (do tempo da escravidão).

c) Distrito Ibicatu

Toponímia: De origem Indígena.
Área: 125 km², com 19 sítios.
Localização: Região Oeste do Município, a 30 Km da Sede.
Criação: 1938 (Decreto Estadual N° 448).
Fundador: Jorge de Lima Siebra.
Distância: 30 Km
CEP: 63.558-000
Economia: Agropecuária e Mineração.
Hidrografia: Riacho da Fortuna e Riacho do Muquém.
Relevo: Serra do Iputí.
Turismo:
- Mina de ouro da Fortuna.
- Casa da Família Siebra no Sítio Guarani.
- Berço do tricampeão da Olimpíada Brasileira de Matemática Ricardo Oliveira.

d) Distrito Riacho Verde

Toponímia: Designação espontânea inspirada na paisagem verde do Vale do Machado.
Área: 115 km², com 29 sítios.
Localização: Região Sul do Município, a 18 km da Sede.
Criação: 1933 (Decreto Estadual N° 1156).
Fundador: José Sérgio da Costa.
Distância: 18 Km
CEP: 63.548-000
Economia: Agropecuária, Artesanato e Comércio.
Hidrografia: Riacho do Machado e Riacho do Mameluco.
Relevo: Serra Verde e Serra dos Cavalos.
Turismo:
- Festejos Juninos.
- Dança do Coco.
- Festa dos Viajantes.

e) Distrito Naraniú

Toponímia: De origem Indígena.
Área: 135 km², com 31 sítios.
Localização: Região Norte do Município, a 15 Km da Sede.
Criação: 1933 (Decreto Estadual N° 1156).
Fundador: João da Cunha Gadelha.
Distância: 15 Km
CEP: 63.550-000
Economia: Agropecuária e Piscicultura.
Hidrografia: Riacho São Miguel e Riacho São Caetano.
Relevo: Serra dos Crioulos, Serra de São Caetano e Serra do Capão.
Turismo:
- Capela de São Caetano, em estilo barroco, edificada em 1762 e tombada pelo IPHAN em 2005.
- Açude Ubaldinho, Pólo de Lazer bastante visitado.

Sem informações até o momento

MAPA DA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO

Mapa da Zona Rural de Várzea Alegre, de 1968, da Diretoria do Serviço Geográfico do Brasil, atualizado pela Divisão de Geografia e Cartografia - DGC / IPLANCE em 1998.

HINO OFICIAL DE VÁRZEA ALEGRE

Criado pela Lei Municipal Nº 005, de 22 de setembro de 1968.

Letra: José Clementino do Nascimento (Compositor Zé Clementino)
Música: Antônio José do Nascimento (Mestre Antônio)

Como é grande a nossa Várzea Alegre
Tão cheia de encantos mil
Que enche de surpresa o visitante
E de fé o nosso peito varonil
Nossas várzeas lindos campos e a lagoa
Nossas águas tão azuis da cor de anil
Deslizam mansas no riacho do machado
Fecundando este recanto do Brasil.

EXALTEMOS, EXALTEMOS
COM FÉ E AMOR PROFUNDO
O NOSSO TORRÃO AMADO
PATRIMÔNIO DE PAPAI RAIMUNDO

Vendo teu progresso avançando
Num insulto aos contrastes banais
As lindas flores vindas do teu solo
Perfumam tuas belezas naturais
O teu vale esperançoso e tão fecundo
Onde brotam os teus ricos arrozais
É o orgulho dos teus filhos que se ausentam
Que te deixam, mas não te esquecem jamais.

BRASÃO DO MUNICÍPIO

Criado pela Lei Municipal Nº 063, de 16 de julho de 1990.

Características: um escudo dividido transversalmente em dois campos sendo um em vermelho e o outro em verde, em alusão as cores da bandeira: no campo verde, o símbolo paroquial representado pelas iniciais de São Raimundo; no campo vermelho, uma estrela simboliza o município como unidade federativa; entre dois campos se abre um circulo e no seu interior a representação do passado e do futuro, com destaque para a figura do jumento, dado econômico e cultural do município; o escudo é ladeado por ramos de arroz e de algodão, como fatores determinantes da vida econômica do município; sobre o mesmo, cinco estrelas representam os distritos em que se divide o município e na sua parte inferior, uma faixa denominando o município, com a data de sua emancipação.

BANDEIRA DO MUNICÍPIO

Criada pela Lei Municipal Nº 006, de 22 de setembro de 1968.

Características: dois campos horizontais de iguais proporções, sendo um verde e outro vermelho, abrindo-se ambos ao centro num grande circulo em cor branca, no interior do circulo se engasta o mapa do Município, partido ao meio em cores também verde e vermelho. No campo verde se ergue bem vivo ao sol, com simbolismo de um futuro iluminado de esperanças, no campo vermelho se situa o monte encimado pela cruz, para caracterizar a civilização ao nascente e a tradição religiosa da terra. Em torno do mapa é aplicado no branco seis estrelas douradas representando os seis distritos que formam a unidade municipal. O circulo central acha-se entre duas faixas com os seguintes dizeres: na parte superior “CONFIA NO PORVIR”, na parte inferior “SORRIR AO PASSADO”.

NOTÍCIAS

#Saúde | 25 DE OUTUBRO DE 2021

Na última sexta-feira, dia 22 de outubro, a Secretaria de Saúde, do Governo de Várzea Alegre, no CREVA - Clube Recreativo de Várzea Alegre, realizou comemorações pela passagem do Dia do ACS - Agente Comunitário de Saúde e do ACE - Agente Comuni [...]

#Educação | 22 DE OUTUBRO DE 2021

O secretário de Educação, Antônio Fernandes, informou nesta sexta-feira, 22 de outubro de 2021, que o município de Várzea Alegre conquistou o primeiro lugar na Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação - CREDE 17, no IOEB - Ín [...]

#Infraestrutura | 21 DE OUTUBRO DE 2021

O Governo de Várzea Alegre segue entregando obras às comunidades e resolvendo problemas de ordem hídrica em várias localidades do município.Na próxima terça-feira, 26 de outubro, serão inaugurados três sistemas de simplificados de abastec [...]

#MeioAmbiente | 21 DE OUTUBRO DE 2021

O Secretário Municipal de Meio Ambiente de Várzea Alegre, J. Marcílio, acompanhado da Educadora Ambiental, Erika Araújo, e do Superintendente do CONSCENSUL - Consórcio do Centro Sul, André Wirtizbiki, participaram neste dia 20 de outubro, na cidade de Ic&oac [...]

#AssistênciaSocial | 20 DE OUTUBRO DE 2021

Várzea Alegre recebe nesta quarta-feira, 20 de outubro, representantes da Secretaria Executiva de Políticas sobre Drogas - da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) do Ceará, por meio do Centro de Referênci [...]

Qual o seu nível de satisfação com essa página?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito